Balé Folclórico da Amazônia celebra aniversário com exposição na biblioteca Avertano Rocha

    A Biblioteca Pública Avertano Rocha, no distrito de Icoaraci, terá neste sábado, 18, às 18 horas, uma exposição de curta duração em comemoração aos 30 anos de fundação do grupo Balé Folclórico da Amazônia, com curadoria de Eduardo Vieira e Jandira Pimentel, e, durante a semana, vai ofertar oficinas. Todas as atividades são gratuitas.

    A exposição contará com fotos e figurinos utilizados pelos bailarinos, desde a década de 90 até os dias atuais, além disso, durante a abertura da exposição, no sábado, 18, o grupo fará uma apresentação artística aos visitantes.  A programação segue até o dia 1º de fevereiro.    

    A exposição é uma iniciativa do grupo Balé Folclórico da Amazônia, a partir de um projeto de extensão da Universidade Federal do Pará (UFPA), sob a coordenação da professora Yda Moy, que tem como objetivo contar um pouco da trajetória cultural do grupo, que foi construída ao longo de 30 anos.

    Valorização – Segundo o diretor artístico do grupo, Eduardo Vieira, a exposição irá contribuir para a valorização e renovação da dança e da cultura amazônica. “Com essa divulgação nós pretendemos firmar cada vez mais a identidade amazônica pelo Brasil e pelo mundo”, finaliza Eduardo.

    O bailarino de 45 anos, Oneno Moraes, ressalta sobre a importância de a população local conhecer a história do grupo que já fez, inclusive, espetáculos internacionais. “Faço parte da companhia há sete anos e, apesar de ter entrado um pouco tardio, pra mim é uma realização e superação todos os dias, o que me traz emoção e alegria, não consigo mais viver sem”, comenta.

    A diretora da biblioteca, Lídia Albuquerque, ressalta a importância de receber o grupo pelo grande prestígio dentro e fora do Brasil. “O grupo leva Belém e o distrito de Icoaraci Brasil afora com um carinho especial, e mais especial ainda é esse momento ser comemorado na biblioteca”, destacou a diretora.

    Serviço:

    Exposição 30 anos: dançando tradições amazônicas

    Segunda à sexta-feira, das 8h às 14 horas

    Data: 18 de janeiro a 1º de fevereiro. Entrada franca.

    Oficina de figurinos e adereços cênicos (gratuitas)

    Dias: 20, 21 e 22 de janeiro

    Horário: das 8h às 12h

    Inscrições: (91) 98125-6952, com Jandira Pimentel

    Oficina de conservação de documentos

    Dias: 22, 23 e 24 de janeiro

    Horário: das 8h às 12h

    Inscrições: (91) 98125-6952, com Jandira Pimentel

    Oficina de fotografia e vídeo

    Dias: 22, 23 e 24 de janeiro

    Horário: 8h às 12h

    Inscrições: (91) 98125-6952 com Jandira Pimentel

    COMPARTILHAR