Janeiro Branco: Hospital 5 de Outubro realiza atividades para reforçar a importância do cuidado com a mente

    Em alusão ao Janeiro Branco, o Hospital 5 de Outubro (HCO), em Canaã dos Carajás (PA), realizou o “Circuito das Emoções”, com dinâmicas, roda de conversa e orientações, para reforçar a importância do cuidado com a saúde da mente e das emoções. Voltadas para os colaboradores da unidade, as ações foram realizadas nos dias 16 e 17/1.

     

     

    Patrícia Dias, supervisora de Recursos Humanos do HCO, unidade gerenciada pela Pró-Saúde, relatou que a iniciativa teve como objetivo alertar que o ser humano é um ser integrado e que precisa cuidar da saúde física, emocional e social. “Outro intuito dessa programação, é que o colaborador se enxergue e reflita como está a sua mente e suas emoções, pois isso reflete diretamente no seu convívio familiar, social e profissional”, disse Patrícia.

     

     

    Circuito das Emoções

    Durante o circuito, profissionais de diversos setores da unidade passaram pela dinâmica do abraço e espelho, tiveram um momento de meditação, participaram de roda de conversa sobre saúde física e receberam orientações sobre como cuidar melhor da saúde da mente, para evitar o desenvolvimento de problemas como transtornos de ansiedade e depressão, entre outros.

     

     

    A primeira etapa do percurso contou com exercícios de alongamentos, para incentivar a prática de atividades físicas. Logo após os colaboradores foram conduzidos de olhos fechados para dinâmica do espelho e tiveram que responder a seguinte pergunta: Quem é a pessoa mais importante para você? Ao retirar as vendas, eles viram suas imagens refletidas no espelho e perceberam que a pessoa mais importante são eles mesmos.

     

     

    Patricia destacou que esse momento promove a autonomia e o autoconhecimento. “Reforçamos que eles são a única pessoa que pode mudar a própria história e promover a saúde mental”, frisou.

     

     

    Outro momento para estimular as relações sociais foi a dinâmica do abraço. Ao comando “Janeiro Branco”, os profissionais tinham que abraçar o colega de trabalho que estava ao seu lado. Esse gesto ajuda na liberação da ocitocina, conhecida como hormônio do bem-estar.

     No final, a programação contou um momento de meditação, para que os profissionais pudessem fechar os olhos, ouvir uma música calma e desacelerar. A técnica auxilia no tratamento contra depressão, ansiedade e reduz o nível de estresse.

     

     

    Para a auxiliar de higienização e limpeza do HCO, Valéria Santos, que já esteve próxima a pessoas com problemas depressão e ideação suicida, esse tipo de iniciativa encoraja e ajuda os profissionais da unidade a falarem mais sobre o assunto, e até procurem ajuda se for necessário. “As dinâmicas foram muito interessantes, como se abraçar, se acolher. É muito bom saber que estão cuidando da gente, para que nós possamos cuidar bem dos nossos pacientes”, comentou Valéria.

     

     

    Outra colaboradora da unidade que não poupou elogios a ação foi a recepcionista do HCO, Edna de Jesus. “Gostei bastante da ação, principalmente do momento da meditação, pois quando estamos ansiosos parece que o tempo não passa. Avaliei o período da atividade em 5 minutos, quando ele foi de apenas 1 minuto e quarenta e sete segundos”, sorriu Edna.

     

     

    Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), uma a cada quatro pessoas vai sofrer com algum transtorno mental durante a vida. Só a depressão afeta mais de 300 milhões de pessoas em todo mundo e é a principal causa de incapacidade.

    COMPARTILHAR