20 mil mudas serão plantadas em área no município de Altamira

    Um total de 20 mil mudas de espécies nativas do bioma amazônico serão plantadas em uma área alterada, no município de Altamira, em um dia de atividades em campo, neste sábado (18). Intitulado “Implantação de Sistemas Agroflorestais para a Recuperação de Áreas Alteradas”, o evento ocorrerá das 8h às 18h, no Km 9 da BR-230, a Rodovia Transamazônica, no sudoeste paraense.

    A ação será promovida por meio de uma parceria entre o Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-bio) e a empresa 8 Billion Trees, sediada em Las Vegas, nos Estados Unidos. Participarão do evento a presidente do Ideflor-bio, Karla Bengtson, acompanhada dos engenheiros agrônomos do Ideflor-bio, Karina Cardoso e Israel de Oliveira, além de representantes da empresa norte-americana, como o CEO da 8 Billion Trees, Jon Chambers, entidades convidadas e sociedade civil.

    Dentre as espécies destinadas à recomposição da vegetação da área está o cacau (Theobroma cacao L.), que será plantado em maior quantidade, além do açaí (Euterpe oleracea), ipê (Handroanthus impetiginosus), mogno (Swietenia macrophylla) e cumaru (Dipteryx odorata). Hoje o cacau é cultivado em diversas regiões do Estado, mas é no sudoeste que se encontra o principal polo de produção. A região sob influência da rodovia BR-230, conhecida como Transamazônica, é o grande expoente em produtividade e área plantada, responde por 89% da produção do Estado com destaque para Medicilândia, Uruará, Altamira, Placas, Brasil Novo, Novo Repartimento, Anapu, Pacajá, Vitoria do Xingu e Rurópolis.

    Compromisso – Promover a recomposição florestal de áreas alteradas no Pará é um compromisso que o governo do Estado, através do Ideflor-bio, tem cumprido no sentido de proporcionar o desenvolvimento sustentável de todas as regiões paraenses. O Ideflor-bio realiza esse trabalho por meio do Projeto Prosaf, mediante a implantação de Sistemas Agroflorestais – SAFs Comerciais em propriedades rurais. A ação já está beneficiando agricultores familiares em 74 municípios do Pará.

    Empresa – A 8 Billion Trees tem sua sede em Las Vegas, nos Estados Unidos, e realiza um importante trabalho de recuperação de áreas alteradas em todo o mundo, através de investimentos financeiros feitos por doações de empresas e personalidades internacionais. A empresa já recuperou, sem contrapartida, diversas áreas no planeta como: Indonésia, Madagascar, República Democrática do Congo e Tanzânia. No Brasil, existe a intenção de crescer a parceria até alcançar a marca de um milhão de árvores semeadas.

    COMPARTILHAR