Prefeitura de Belém inaugura novos espaços da Funbosque

    Na manhã desta quarta-feira, 15, a partir das 8 horas, a Prefeitura de Belém entregará cinco espaços construídos e/ou revitalizados na sede da Fundação Centro de Referência em Educação Ambiental Escola Bosque Professor Eidorfe Moreira (Funbosque), localizada em Outeiro. Foram mais de R$2 milhões de investimento na educação sustentável, que vai contemplar estudantes e moradores da ilha. As inaugurações fazem parte do projeto Funbosque 2020 – Educando Gerações para a Sustentabilidade.

    Quadra poliesportiva – Construída do zero, a quadra poliesportiva de 980 m², com cobertura, que também será entregue, tem capacidade para atender às várias modalidades esportivas e foi planejada permitindo a acessibilidade para estudantes e a comunidade, sendo constituída de banheiro e vestiário masculino e feminino, sala de professores de educação física, com rampas de acesso. A intenção é incentivar o esporte amador e profissional e também motivar o lazer para a comunidade da ilha de Outeiro.

    Auditório – A reforma completa do auditório José Mariano Klautau de Araújo, que foi construído em 2011, incluiu pintura, revitalização de poltronas, reformas da área técnica, da sala de dança, da acústica, implantação de iluminação com LED e instalação elétrica. O auditório, que comporta grandes eventos como convenções, audiências e congressos, vai poder ser sublocado para a iniciativa privada, mas dentro da temática da Amazônia. Na reinauguração do auditório, cerca de 200 alunos vão receber o certificado do curso Técnico de Informática e Manutenção de Microcomputador, promovidos pela Funbosque.

    Cozinha industrial – Com capacidade para atender 1.600 alunos por turno, a nova cozinha industrial da Escola Bosque, com 175 metros quadrados, também foi reformada completamente e reequipada. A merenda escolar do município do município de Belém é premiada nacionalmente, e a Escola Bosque conta com uma nutricionista própria, além de estimular a agricultura familiar daquela região.

    Sala climatizada – Também será inaugurada a primeira sala de aula climatizada para atender, durante o dia, aos alunos do ensino fundamental, e, à noite, os 60 alunos que fazem parte do cursinho Pré-Vestibular Municipal de Belém, que atua desde 2019, dentro da Escola Bosque. As demais salas de aulas do espaço estão dentro do conceito voltado ao contato com a natureza.

    Durante as inaugurações, o prefeito Zenaldo Coutinho vai autorizar mais uma ordem de serviço visando à construção de um complexo de salas de aulas, para ampliar o número de vagas da Escola Bosque. Serão, aproximadamente, mais 500 vagas no ensino fundamental para 2021.

    Ecomuseu – Ainda dentro da programação, a galeria da escola vai receber a exposição “Jirau”, do Ecomuseu da Amazônia, que reúne um acervo com peças em cerâmica, madeira e vidro e materiais reaproveitadas da natureza, que contam um pouco da cultura da região, e foram feitas em oficinas para estudante e a comunidade. O Ecomuseu da Amazônia é um programa da Fundação Escola Bosque Professor Eidorfe Moreira, sob a gestão da Prefeitura Municipal de Belém, que brange quatro microrregiões, o Distrito de Icoaraci, ilhas de Cotijuba, de Caratateua e de Mosqueiro, e também faz parte do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram).

    COMPARTILHAR