Regiões Norte e Nordeste têm 9,5% das startups de educação do Brasil

    As regiões Norte e Nordeste têm 9,5% das startups de educação do Brasil. É o que aponta o estudo EdTech Mining Report, realizado pela KPMG e pela Distrito Dataminer. Em comparação com outras regiões, o Nordeste ocupa a terceira colocação em número de EdTechs no país, enquanto a região Norte detém a quinta posição. O relatório mostra que, no Brasil, existem 434 startups nesse setor, sendo que São Paulo engloba quase a metade delas com 41,6% do total. De acordo com o levantamento, a distribuição geográfica de EdTechs é maior que em outros setores, como por exemplo, o das FinTechs (startups de finanças).

    Os estados do norte que possuem startups de educação são os seguintes: Pará (0,5%), Acre (0,3%), Amazonas (0,3%) e Amapá (0,3%). Já os estados do nordeste que possuem EdTechs são: Ceará (2,8%), Pernambuco (2%), Piauí (1%), Maranhão (0,8%), Paraíba (0,8%), Bahia (0,5%) e Sergipe (0,3%).

    Para ter acesso à pesquisa na integra, acesse: http://conteudo. distrito.me/distrito-dataminer-edtech-report

    Sobre a KPMG

    A KPMG é uma rede global de firmas independentes que prestam serviços profissionais de Audit, Tax e Advisory. Estamos presentes em 154 países e territórios, com 200.000 profissionais atuando em firmas-membro em todo o mundo. No Brasil, são aproximadamente 4.000 profissionais, distribuídos em 22 cidades localizadas em 13 Estados e Distrito Federal.

    Orientada pelo seu propósito de empoderar a mudança, a KPMG tornou-se uma empresa referência no segmento em que atua. Compartilhamos valor e inspiramos confiança no mercado de capitais e nas comunidades há mais de 100 anos, transformando pessoas e empresas e gerando impactos positivos que contribuem para a realização de mudanças sustentáveis em nossos clientes, governos e sociedade civil.

    Twitter: http://www.twitter.com/@kpmgbrasil

    Site: kpmg.com.br

    Linkedin: www.linkedin.com/company/kpmg-brasil

    Facebook: facebook.com/KPMGBrasil

    COMPARTILHAR