Intensificação da vacinação contra o sarampo continuará na próxima semana


    Para ampliar a cobertura vacinal e interromper a cadeia de transmissão do vírus, pelo segundo dia consecutivo equipes da Sesma percorreram as ruas dos bairros do Distrito Administrativo do Guamá (Dagua), formado pelo Jurunas, Cremação, Condor, Guamá e Terra Firme, em busca de pessoas que ainda não se vacinaram contra o sarampo. Esta área concentra 56% dos casos confirmados de sarampo em Belém.

    Em 2019, até o dia 12 de dezembro foram notificados 129 casos suspeitos de sarampo em residentes de Belém, sendo 39 confirmados, 38 descartados e 52 seguem em investigação. “Como o sarampo é de alta transmissibilidade, uma pessoa doente pode transmitir a muitas outras que não estão vacinadas ou imunizadas. Vale sempre lembrar que a vacina é a única forma de prevenção e está disponível diariamente em todas as unidades de saúde da capital”, alertou Leila Flores, diretora do Departamento de Vigilância em Saúde.

    Diante do aumento de casos, a Sesma reforçou os trabalhos no Dagua com a vacinação porta a porta e em feiras, mercados, portos, centros comunitários e vários outros estabelecimentos que cederam seus espaços para servir como ponto de apoio para as 19 equipes volantes. A mesma estratégia está sendo recomendada paras os outros distritos.

    A intensificação da vacinação contra o sarampo continua nesta segunda-feira, 16, no Distrito Administrativo da Sacramenta (Dasac), que engloba os bairros da Pedreira, Sacramenta, Telégrafo, Barreiro, Maracangalha e Miramar, de 9h às 15h. Já de terça, 17, a sexta, 20, as equipes retornam para o Dagua para continuar a vacinação itinerante.

    COMPARTILHAR