Projeto Suzano na Escola realiza ações educativas em Belém

    Com objetivo de reforçar o compromisso com a educação e gerar e compartilhar valor com as comunidades onde atua, a Suzano, em parceria com a Junior Achievement, promoveu mais uma ação de voluntariado em Belém, no último sábado (23/11).

    Cerca de 25 voluntários participaram do Suzano na Escola, que busca compartilhar conhecimento e incentivar o desenvolvimento educacional, beneficiando, na ocasião, mais de 60 jovens – filhos e familiares de colaboradores da empresa.

    A programação contou com aplicação de dois programas. O primeiro, “O Futuro do Trabalho” apresentou detalhes sobre as transformações no mercado de trabalho que possibilitou aos alunos conhecer ferramentas e habilidades que poderão colaborar a obter e manter uma profissão em setores de alto crescimento, dando ênfase às carreiras de ciência, tecnologia, engenharia e matemática.

    O segundo programa aplicado, “As Vantagens de Permanecer na Escola”, apresentou aos jovens os benefícios da escola, divididos em cinco momentos, que incluíram um jogo de tabuleiro, análise de gráficos, elaboração de orçamento, planejamento de carreira e debate. Além disso, os voluntários do Programa Suzano na Escola também explanaram sobre a importância de continuar estudando, integrando conceitos de empregabilidade, educação e qualificação.

    De acordo com a voluntária, Maria Ivaneide Pessoa, que é Operadora de Máquina há 7 anos na Suzano, participar pela primeira vez do programa foi muito importante, pois esse momento trouxe a oportunidade de estimular o aprendizado dos jovens.  “Explicamos para os adolescentes sobre as constantes transformações no mercado de trabalho, que estão diretamente relacionadas à tecnologia. Inclusive falamos sobre como será o futuro das profissões já que os setores estão em bastante mudança e nós como profissionais precisamos estar preparados. Foi uma experiência gratificante”, destaca.

    O gerente de RH da Suzano em Belém, Thiago Tavares, explicou que ao longo do ano a empresa realiza diversas ações voluntárias, permitindo que os colaboradores exercitem o papel de cidadania no contexto social. “São atividades que nos enobrecem enquanto profissionais e nos fazem crescer enquanto seres humanos. Nós da Suzano acreditamos que ‘Só é bom para nós se for bom para o mundo e esta é uma forma de seguirmos nesta missão”.

    Além do Suzano na Escola, em 2019 a empresa em Belém, por meio do Programa Voluntariar, já beneficiou mais de 2 mil pessoas por meio de ações sociais nas instituições:  Projeto Social Escolinha do Barreiro, Centro de Valorização da Criança, Casa Do Menino Jesus III, Casa de Acolhimento Infantil de Ananindeua, Casa Ronald Mcdonald, Casa Lar Cordeirinhos De Deus, Aecb (Associação Espírita Caminheiros Do Bem) e Fundação Santa Casa.

     

     

    Agradecemos a todos voluntários que reforçam cada vez mais nossos direcionadores, compartilhando seus conhecimentos e experiência, gerando novas perspectivas aos jovens. Vocês são gente que inspira e transforma”, destaca Elisabete Flores Pagliusi, coordenadora do Voluntariar.  

      
    Sobre a Suzano

    A Suzano, empresa resultante da fusão entre a Suzano Papel e Celulose e a Fibria, tem o compromisso de ser referência global no uso sustentável de recursos naturais. Líder mundial na fabricação de celulose de eucalipto e uma das maiores fabricantes de papéis da América Latina, a companhia exporta para mais de 80 países e, a partir de seus produtos, está presente na vida de mais de 2 bilhões de pessoas. Com operações de dez fábricas, além da joint operation Veracel, possui capacidade instalada de 10,9 milhões de toneladas de celulose de mercado e 1,4 milhão de toneladas de papéis por ano. A Suzano tem mais de 35 mil colaboradores diretos e indiretos e investe há mais de 90 anos em soluções inovadoras a partir do plantio de eucalipto, as quais permitam a substituição de matérias-primas de origem fóssil por fontes de origem renovável. A companhia possui os mais elevados níveis de Governança Corporativa da B3, no Brasil, e da New York Stock Exchange (NYSE), nos Estados Unidos, mercados onde suas ações são negociadas.

    COMPARTILHAR