Infraero abre licitação para exploração comercial do estacionamento do Aeroporto de Altamira

    A Infraero publicou edital de licitação para empresas interessadas em explorar comercialmente o estacionamento do Aeroporto de Altamira, no Pará (PA). O prazo da concessão é de 60 meses, e o preço mínimo mensal estimado é R$ 4,2 mil.

     A área total a ser licitada tem 1,63 mil m² e está distribuída em três espaços: um de 1.545,50 m², em frente ao terminal de passageiros, para o estacionamento de veículos; o segundo, com 83,60 m², em frente à edificação da Estação Rádio de navegação aérea, destinado a vagas para motocicletas; e o terceiro, localizado na entrada do terminal de passageiros, medindo 1,2 m², onde ficará o guichê de pagamento, o qual deverá ser providenciado pelo futuro concessionário.

     

     

    O certame, cujo tipo é por maior oferta, vai ocorrer na forma eletrônica. O regime de contratação é por preço global e o critério de julgamento se dará pela maior oferta, com disputa aberta. O recebimento das propostas vai até às 8h59 do dia 26 de novembro. A abertura da sessão pública e o início da disputa de preços ocorrem na mesma data, às 9h e 10h, respectivamente.

     A licitação é aberta a qualquer empresa estabelecida no país, cujo ramo de atividade seja compatível com o objeto da licitação e que atenda às exigências do edital. O edital com todos os detalhes está no site da Infraero.

     

     

    Movimento

    Com capacidade para receber até 900 mil passageiros por ano, o Aeroporto de Altamira movimenta, diariamente, uma média de 480 pessoas. Os usuários contam com 20 pontos comerciais, entre estabelecimentos de varejo, serviços e alimentação. Da cidade parte voos comerciais regulares para Belém, Santarém e Itaituba, operados pelas empresas aéreas Azul e MAP, além dos voos da aviação geral.

    COMPARTILHAR