Bosque Rodrigues Alves e Granja Modelo passam por reformas

    O prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, e o secretário municipal de meio ambiente, Pio Netto, assinaram na tarde desta quinta-feira, 7, na sede do Gabinete Municipal, ordens de serviço para duas importantes obras, as reformas do Jardim Botânico Bosque Rodrigues Alves e da Granja Modelo.

    O Bosque Rodrigues Alves, importante espaço ambiental da cidade, não recebia qualquer tipo de reforma há 15 anos.

    A obra contará com um investimento de aproximadamente R$ 1,2 milhão, que irá contemplar toda fachada externa, aquário, brinquedoteca, coreto e outros pontos do Bosque, com duração de aproximadamente 12 meses.

     “Em torno de 20 edificações serão alcançadas com as obras no Bosque. É importante destacar que mesmo nesse período durante as obras, o funcionamento do Bosque será normal”, explicou o titular da Semma, Pio Netto.

    Considerado o jardim botânico nativo mais antigo do mundo, o espaço fica em um local de fácil acesso e conta com uma área de 15 hectares, que abriga cerca de 10 mil árvores de 332 espécies diferentes, além de manter, atualmente, cerca 650 animais da Amazônia em liberdade e semiliberdade. “A reforma e restruturação desses parques para atender a sociedade são um gesto muito importante de humanidade, sobretudo na busca de conscientização ambiental”, destacou Thiago Araújo.

    Granja – Outro espaço ambiental mantido pela Prefeitura de Belém é a Granja Modelo, localizada na rodovia BR-316. O espaço receberá reforma nos prédios da administração, refeitório, orquidário e pórtico de entrada. O valor da obra será de aproximadamente R$ 525 mil, com previsão de oito meses de duração.

    Atualmente, a Granja Modelo concentra a produção de mudas, que são distribuídas em praças, canteiros, ruas e avenidas de Belém.

    COMPARTILHAR