ARTESANATO DE BARCARENA MARCA PRESENÇA NA VII FESARTE


    O trabalho e a criatividade de mais de 200 artesãos do município de Barcarena estão representados no estande disponibilizado pela Prefeitura Municipal durante a VII FESARTE (Feira Estadual de  Artesanato) e Feira Mundial do Artesanato (FAM), que acontece até domingo, 10, no Hangar Centro de Convenções e Feiras da Amazônia. Os dezesseis expositores que participam da feira, fazem parte do Projeto “Economia Solidária” da Secretaria Municipal de Trabalho e Emprego – SEMUTE do município, e a mostra reúne uma diversidade de produtos que vão desde artesanatos como cerâmica do cafezal, cestaria do Tinguaçu, reutilização de materiais de resíduos de empresas, bijuterias, etc…

     

     

    Dentre as principais características do evento, estão o fomento ao desenvolvimento econômico dos artesãos e o caráter inclusivo socialmente. E a participação da prefeitura de Barcarena se faz presente com o objetivo de  valorizar o artesanato e os artesãos locais; resgatar, preservar e difundir valores culturais; promover a integração entre produtores artesanais e lojistas;  além de incentivar a comercialização dos trabalhos manuais produzidos.

     

     

    Segundo a coordenadora do projeto, Edicleia Alves, da SEMUTE, esta é a primeira vez que se consegue agregar 16 artesãos num evento dessa importância para a divulgação de sua arte. “Estamos apoiando essas pessoas que estão representando Barcarena na feira, por considerarmos a importância do trabalho desenvolvido por elas no que se refere à expressividade das peças produzidas, retratando através do seu talento, a nossa cultura local”, ressaltou.  

     

     

    Devel Fernandes, que produz peças em miriti, está participando pela primeira vez da feira. Artesão há 25 anos, ele demonstra entusiasmo pela oportunidade que lhe foi oferecida de representar seu município.“


    Acho muito importante termos esse espaço, pois não só mostramos nossos talentos, mas também adquirimos novas experiências, conhecendo outros tipos de artes e o que tem de melhor dentro do artesanato. E vamos fazendo um intercâmbio de um artesão com o outro, trocando informações e fortalecendo o nosso movimento. Estou muito contente de estar participando”, declarou o artesão que expõe obras de miriti como quadros em 3D de araras, onças pintadas, tucanos e outras referências da Amazônia, além de baús, porta-jóias, entre outras coisas.

     

     

    A VII Edição da FESARTE é uma iniciativa do Governo do Estado do Pará, através da Secretaria Estadual de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (SEASTER)  e sua Diretoria de Qualificação Profissional e Empreendedorismo (DQPE), com organização da Coordenadoria de Empreendedorismo, Artesanato e Economia Solidária (CEES).

    COMPARTILHAR