Programação do Cine Olympia de março exibe comédia premiada

    O Cinema Olympia exibe no mês de março os longas metragens “Passo a Passo”, “Tempestade” e “Toni Erdmann” e promove os projetos “Cinema e Música” e “Curta Olympia”. Toda a programação é gratuita. 

    No período de 6 a 20 de março (exceto no dia 12), o filme em cartaz é “Passo a Passo”, produção francesa de 2016 dirigida por Grand Corps Malade e Mehdi Idir. Inspirado no livro do rapper Grand Corps Malade, o filme mostra Ben (Pablo Pauly), que já não consegue fazer as coisas mais simples, chegando a um centro de reabilitação depois de um grave acidente.

    Seus novos amigos são tetraplégicos, paraplégicos, pessoas com traumatismos cranianos e uma grande variedade de problemas físicos. Juntos, Ben e os seus companheiros vão aprender a ter paciência, em uma jornada de renascimentos, uma viagem caótica feita de vitórias e de recuos, de gritos e de gargalhadas, mas sobretudo de reencontros. A exibição tem apoio da Cinemateca do Consulado da França (RJ). O filme será exibido de terça a sexta-feira, às 18h30, e sábado e domingo, às 16h30.

    “Cinema e Música” – Na terça-feira, 12, às 18h30, Cine Olympia promoverá mais uma edição do projeto “Cinema e Música”, celebrando o Dia Internacional da Mulher, que transcorre em 8 de março, com a exibição de curtas metragens da cineasta pioneira Alice Guy Blaché.

    O projeto “Cinema e Música” promove a exibição de filmes silenciosos com acompanhamento musical ao vivo do pianista Paulo José Campos de Melo.

    A cineasta Alice Guy Blaché nasceu em 1º de julho de 1873 na cidade de Saint-Mandé, na França. Em 1894, ela foi trabalhar na empresa de fotografia de Léon Gaumont e convidada para a primeira exibição de cinema no dia 22 de março de 1895. Graças a essa exibição, Alice teve uma ideia: filmar atores em uma cena narrativa. Assim surgiu o primeiro filme de ficção teatral “La Fee Aux Choux” (“A Fada dos Repolhos”), um curta com menos de 1 minuto no qual se vê uma fada em meio a repolhos mostrando o nascimento de bebês, possivelmente baseado em um conto francês.

    Curta – No período de 21 a 24, o projeto “Curta Olympia”, que exibe curtas metragens locais e nacionais, terá com atração “Covato – Desenterre seus Segredos”, com direção de Emanuel Loureiro. O filme narra a prisão de um coveiro que comete crimes depreciativos em cadáveres no cemitério central da cidade, além de abordar um drama vivenciado pelo personagem principal em sua infância, que o motiva a cometer crimes. Exibição na quinta e sexta-feira, às 18h, e sábado e domingo, às 16h.

    Longas – De 21 a 27, o filme em cartaz será “Tempestade”, produção francesa dirigida por Samuel Collardey. A história mostra Dom (Dominique Leborne), de 36 anos, um marinheiro do barco de pesca Alf, que fica no porto de Les Sables d’Olonne, na França.

    Desde o divórcio dele, seus filhos Mailys (Mailys Leborne) e Matteo (Mattéo Leborne), preferiram morar com ele, mesmo sabendo dos longos períodos de ausência enquanto está no mar. Quando Mailys fica grávida, Dom terá de escolher entre o mar e a família. A classificação indicativa é de 16 anos.

    “Tempestade” foi o vencedor do prêmio de melhor ator para Dominique Leborne na mostra Horizontes do Festival de Veneza. A exibição tem apoio da Cinemateca Francesa (RJ). Sessões de terça a sexta-feira, às 18h30, e sábado e domingo, às 16h30.

    No dia 28, encerrando o mês de março, entra em cartaz a comédia alemã, que ganhou vários prêmios, “Toni Erdmann”, direção Maren Ade. O filme fica em cartaz até o dia 10 de abril, em horário especial, de terça a sexta-feira, às 18 horas, e aos sábados e domingos, às 16 horas.

    A história mostra o senhor Winfried (Peter Simonischek), que gosta de levar a vida com bom humor, fazendo brincadeiras que proporcionem o riso nas pessoas. Seu jeito extrovertido fez com que se afastasse de sua filha, Ines (Sandra Hüller), sisuda e extremamente dedicada ao trabalho.

    Percebendo o afastamento, Winfried decide visitar a filha na cidade em que ela mora, Budapeste. A iniciativa não dá certo e tempos depois Winfried ressurge na vida de Ines sob o alter ego de Toni Erdmann, especialista em contar mentiras bem intencionadas a todos que ela conhece. A exibição tem apoio do Instituto Goethe (SP).

    Serviço:

    Programação do Cinema Olympia em março. De terça a quinta-feira, às 18h30; sábados, domingos e feriados, às 16h30. Entrada gratuita.

    COMPARTILHAR