Igreja celebra 300 anos da Diocese de Belém

    O Mangueirinho sediará, nesta sexta-feira (22), a celebração pelos 300 anos da Diocese de Belém, considerada a terceira mais antiga do Brasil. A comemoração ocorrerá a partir das 19h, e marcará o início do ano jubilar pelo tricentenário da Diocese, que tem como tema “Anunciando o Evangelho de Jesus Cristo na Amazônia” e  lema “Ide e anunciai…(MC 16,15)”.

    Com o obejtivo de registrar e celebrar seu percurso histórico, desde a fundação até a configuração atual, a Arquidiocese promove uma programação especial para comemorar seus 300 anos e escolheu como sede a Arena Guilherme Paraense. Referência em evangelização na região amazônica a Arquidiocese realizará, ao longo do ano jubilar, diversas ações comemorativas que contam com exposições, publicações, celebrações e outros eventos, cujo objetivo é fomentar a importância da presença da igreja nessa região.

    História – A Igreja paraense surgiu em 1719, quando a Diocese de Belém foi desmembrada da então Diocese do Maranhão, a pedido de Dom João V de Portugal, pela Bula “Copiosus in Misericórdia” do Papa Clemente XI e elevada à Arquidiocese e sede Metropolitana, por meio da Bula “Sempiternum humani generis”, de São Pio X, em 1º de maio de 1906.

    Com 89 paróquias, distribuídas em sete regiões episcopais, (Sant’Ana, Santa Maria Goretti, Santa Cruz, São João Batista, Coração Eu­carístico de Jesus, São Vicente de Pau­lo e Menino Deus), a Arquidiocese de Belém é atualmente administrada por Dom Alberto Taveira Corrêa e tem como Igreja Mãe a Catedral Metropolitana de Belém, situada no centro histórico da capital.

    Serviço

    300 anos da Diocese de Belém

    Data: 22 de fevereiro de 2019

    Hora: 19h

    Local: Mangueirinho

    Informações: www.arquidiocesedebelem.com.br

    (91) 3215-7001 / 3215-7002

    COMPARTILHAR