Panorama e monitoramento de barragens são temas de bate-papo

    Entender o funcionamento das barragens, os tipos em operação no Brasil e discutir possíveis reaproveitamentos dos rejeitos são alguns dos temas que serão tratados em um bate-papo da UNAMA – Universidade da Amazônia nesta segunda-feira (18). O encontro é aberto à comunidade e vai acontecer no campus Alcindo Cacela, às 9h, no auditório D-200.
    Com o tema “Panorama das Barragens de Rejeito Mineral do Estado do Pará”, o evento será aberto com a palestra da geóloga e pesquisadora em Geociências do Serviço Geológico do Brasil, Dianne Danielle Fonseca. Dianne é mestre em Gestão de Risco de Desastres Naturais na Amazônia e atua desde 2003 na área de risco geológico e geotecnia. Haverá ainda uma discussão sobre “Atuação do Serviço Geológico no mapeamento de riscos Geológico e Hidrológico no Estado do Pará”, com a doutora em Geociências Sheila Gatinho Teixeira, supervisora da área de Risco Geológico da Superintendência Regional de Belém.
    Ao todo, o estado do Pará tem 93 barragens, 18 com alto potencial de contaminação do meio ambiente. Dessas, somente 64 estão cadastradas na Política Nacional de Segurança de Barragens (PNSB) para controle e fiscalização. O evento vem para fomentar a discussão e mostrar aos acadêmicos os pontos de pesquisa. “Estamos aqui para somar com a sociedade. Vale mostrar a importância de conhecer a atividade do geólogo e fazer as escolha dos melhores recursos naturais para transformação dessas matérias primas. Além de adequar as melhores formas de trabalhar com os rejeitos das atividades de mineradoras”, pontua o coordenador da graduação em Geologia da UNAMA, Leonardo Neves.
    As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site extensao.unama.br.
    Cursos de Extensão – UNAMA
    COMPARTILHAR