Nesta sexta-feira (8), a população do bairro da Cabanagem receberá uma ação cidadã de prevenção e segurança que visa garantir serviços para a comunidade e o diálogo junto aos órgãos de Segurança. O evento é promovido pela Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), por meio da Diretoria de Prevenção Social da Violência e Criminalidade (Diprev). O encontro oportuniza o debate dos problemas que rondam a comunidade, assim como traçar medidas de prevenção, a fim de reduzir a criminalidade. A ação começará às 8 horas, com a presença do Governador Helder Barbalho e o secretário de segurança pública, Ualame Machado.

O bairro da Cabanagem é um dos locais que recebeu o reforço de policiamento desde o início da atual gestão por conta dos altos índices de criminalidade constatados. A medida objetiva a redução dos números da violência e, neste segundo momento, apresentar à comunidade uma parte dos serviços de prevenção e cidadania ofertados pela segurança pública, além de proporcionar a aproximação da sociedade com as instituições participantes do sistema. Além da Cabanagem, também os bairros do Benguí, Guamá e Terra-Firme também tiveram acréscimo no número de policiais.

Entre os serviços que serão ofertados estão: emissão de 300 RGs, atendimento médico e odontológico, escovódromo, atrações culturais, corte de cabelo, informações sobre o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), atendimento jurídico pela Defensoria Pública do Estado, podólogo e massoterapia. Haverá ainda orientações da Celpa sobre tarifa social e troca de lâmpadas utilizadas pela população por lâmpadas mais econômicas.

Drones serão expostos para informar à sociedade como são utilizados pelo Grupamento de Segurança. Agentes de eduação para o trânsito do Detran irão promover atividades de conscientização. A Ouvidoria da Segup também fará parte do evento, com informações sobre como ter acesso ao serviço. Materiais confeccionados por internas do sistema prisional estarão em exposição, enquanto internos que cumprem pena no regime semiaberto, alertarão crianças e jovens, por meio do projeto “Papo di Rocha”, do quanto é prejudicial ingressar no mundo das drogas e da criminalidade.

Entre os órgãos participantes da ação estão a Secretaria de Estado de Saúde (Sespa), Departamento de Trânsito do Estado (Detran), Secretaria de Cultura, Polícia Militar, da Polícia Militar; Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Centro de Perícias Científicas,  Companhia de Habitação do Pará (Cohab), instituições municipais, entre outros.