Capitais registram quedas em seus investimentos no Norte do país

    Levantamento feito pelo anuário Multi Cidades – Finanças dos Municípios do Brasil, da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), revela que as capitais Manaus (AM), Rio Branco (AC) e Porto Velho (RO) foram as cidades da região Norte que mais registraram quedas em seus investimentos em 2017. Juntas, elas deixaram de investir R$ 183 milhões.

    Em Manaus, cidade com mais de 2,1 milhões de habitantes, a redução foi de 30,4%, passando de R$ 497,4 milhões, em 2016, para R$ 346,3 milhões, em 2017. Já em Rio Branco, os investimentos passaram de R$ 77,1 milhões para R$ 54,2 milhões, no período analisado, uma desaceleração de 29,7%. Os valores são corrigidos pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) médio de 2017.

    Capital de Rondônia, Porto Velho reduziu seus investimentos em 28,7%, passando de R$ 32,3 milhões para R$ 23 milhões, em 2017. Das 16 cidades da região Norte analisadas pelo anuário Multi Cidades, apenas três registraram aumento nos seus gastos com investimentos: Marabá (PA), Palmas (TO) e Boa Vista (RR), com 39,3%, 33,6% e 1,5%, respectivamente.

    Em números absolutos, os maiores investimentos foram realizados nas capitais Manaus (R$ 346,3 milhões, com queda de 30,4%). Boa Vista (R$ 209,8 milhões, aumento de 1,5%) e Belém-PA (R$ 205,7 milhões, recuo de 23,7%).

    Em sua 14ª edição, o anuário utiliza como base números da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) e Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apresentando uma análise do comportamento dos principais itens da receita e despesa municipal, tais como ISS, IPTU, ICMS, FPM, despesas com pessoal, investimento, dívida, saúde, educação e outros.

    O Multi Cidades – Finanças dos Municípios do Brasil (Ano 14 – 2019) foi viabilizado com o apoio de Alphaville Urbanismo, APP 99, BRB, Comunitas, Guarupass, Hauwei, MRV, prefeitura de Cariacica/ES, prefeitura de Guarulhos/SP, prefeitura de Ribeirão Preto/SP, prefeitura de São Caetano do Sul/SP, Sabesp, Saesa e Sanasa.



    RANKING – OS MAIORES INVESTIMENTOS NA REGIÃO NORTE
    Fonte: Multi Cidades – Finanças dos Municípios do Brasil, publicação da Frente Nacional de Prefeitos (FNP)