Workshop apresentará proposta para transporte complementar

Por: paracooperativo.coop.br

 

 

A regulamentação efetiva do transporte complementar é um objetivo que as cooperativas buscam há anos na Região Metropolitana de Belém. Após a legitimação na esfera municipal, o setor discute meios viáveis de contribuir com a mobilidade urbana na capital. Algumas dessas estratégias serão apresentadas amanhã para cooperativas do ramo em workshop promovido pelo Sistema OCB/PA a partir das 09h na Casa do Cooperativismo. A ex-diretora da Semob, Maísa Tobias, fará exposição da proposta de planejamento viário com as alternativas para a inserção das singulares. Está confirmada a presença do Senador eleito, Zequinha Marinho.

 

Com a experiência na Secretaria de Mobilidade Urbana, Maísa possui uma leitura geral do transporte no Estado. Ela trará uma minuta de proposta de trabalho a ser discutida entre as cooperativas e apresentada pelo Sistema OCB/PA ao Governo e prefeitos da Região Metropolitana. Com a implantação do BRT, serão disponibilizados espaços e corredores para que as cooperativas possam realizar o complemento do transporte regular na região.

 

“Maísa tem estudos nesse sentido na Universidade Federal do Pará (UFPA) e já vem abordando cases de mobilidade com base na experiência que tem no Brasil. Essa proposta apresentará a viabilidade e onde será inserido o transporte complementar de passageiros. O objetivo não é competir com o transporte regularizado, mas realmente abranger as áreas onde este não consegue alcançar”, explicou o Gerente de Desenvolvimento do Sistema OCB/PA, Vanderlande Rodrigues.

 

De acordo com a Federação dos Trabalhadores do Transporte Alternativo do Pará, 1.200 vans trafegam atualmente na RMB. Estes veículos fazem parte de 18 cooperativas e, segundo a federação, abrangem 5 mil pessoas, entre motoristas e cobradores. Espera-se a participação de pelo menos 10 cooperativas no Workshop desta terça.

 

“Queremos dialogar com os governos, mas é necessário apresentar viabilidade antes de qualquer argumento. A partir de então, desdobraremos em outras ações. Apresentada essa proposta, competirá às cooperativas acatarem-na e se regularizarem para que, em uma possível licitação ou chamada pública, estejam aptas para competir”, afirmou o presidente do Sistema OCB/PA, Ernandes Raiol.

 

Serviço: Workshop do Ramo Transporte (Complementar) – Nesta terça (27), Às 09h. Casa do Cooperativismo: Avenida Conselheiro Furtado, 1693 – Nazaré.

COMPARTILHAR