Aeroporto de Belém tem bom desempenho em relação à satisfação de passageiros

    Aeroporto de Belém – Foto: Ascom Infraero

     O Aeroporto de Vitória/ Eurico de Aguiar Salles (ES) foi eleito, pela segunda vez consecutiva, o melhor terminal aeroportuário com capacidade de receber a até cinco milhões de passageiros por ano. Com pontuação de 4,59 numa escala onde a nota máxima é 5, o terminal capixaba ficou à frente dos outros seis aeroportos avaliados.
    O Aeroporto de Val de Cans, em Belém, também teve um bom desempenho. dos 38 indicadores avaliados pelos usuários do aeroporto paraense, 58% deles receberam notas acima de 4.   No item sobre satisfação geral do passageiro, o terminal de Belém levou nota 4, numa escala de 1 a 5.

    Os dados, relativos ao 3º trimestre, são da Pesquisa de Satisfação do Passageiro e de Desempenho Aeroportuário, divulgada nesta quarta-feira (24), em Brasília, pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil. A pesquisa avalia os 20 aeroportos com maior movimentação no Brasil. Juntos, eles são responsáveis por 87% do fluxo de viajantes.

    Realizada desde 2013, a sondagem avalia a experiência do passageiro em diversos itens de infraestrutura, atendimento e serviços, além de monitorar o desempenho de diferentes processos aeroportuários como check-in, inspeção de segurança, restituição de bagagens entre outros. A coleta de dados foi realizada ao longo dos meses de julho, agosto e setembro, totalizando 21.206 entrevistas, sendo 15.203 com passageiros de voos domésticos e 6.003 com passageiros de voos internacionais.

    Considerando a classificação geral dos aeroportos, no período de julho a setembro, o Eurico de Aguiar Salles saiu à frente dos outros 19 terminais pesquisados em seis dos 37 indicadores avaliados: limpeza dos sanitários; disponibilidade de vagas no estacionamento de veículos; disponibilidade e localização de bancos, caixas eletrônicos e casas de câmbio; menor tempo de fila no check-in; velocidade de restituição de bagagem; e integridade da bagagem.

    Inaugurado pela INFRAERO no fim de março deste ano, o novo Aeroporto de Vitória se tornou, em termos de infraestrutura, um dos mais importantes e modernos do país. Com um terminal quase cinco vezes maior e capacidade para 8,4 milhões de passageiros por ano, os viajantes e companhias aéreas têm suas atividades atendidas pelos próximos 15 anos, de acordo com a estimativa de demanda local.

    Outros aeroportos da INFRAERO também conquistaram bons resultados no levantamento, como é o caso do Afonso Pena, em Curitiba (PR), que venceu 10 das 37 categorias analisadas, como, entre outras, o mais limpo do país, o com maior qualidade da sinalização e o com melhor custo-benefício do estacionamento de veículos.

    O Aeroporto de Manaus foi premiado como o com menor tempo de fila na imigração e o que conta com mais cordialidade na imigração. O terminal de Maceió (AL) foi eleito o com maior cordialidade e prestatividade dos funcionários da inspeção de segurança; já os aeroportos do Recife (PE) e de Goiânia (GO) tiveram a melhor pontuação, respectivamente, nas categorias custo-benefício dos produtos de lanchonetes e restaurantes e disponibilidade de transporte público para o aeroporto.

    COMPARTILHAR