Review Subnautica

45

Por: Tech Tudo

Subnautica é um jogo de exploração em um oceano alienígena regado de terror e suspense. Ele pode ser descrito como uma experiência única e curiosa, inicialmente sem muitos recursos mas com sustos e medo. O game está disponível para PC, com download via Steam, e será liberado futuramente para os consoles PS4 e Xbox One

Confira códigos e cheats para Subnautica

Experiência única e imersiva

É inegável que Subnautica proporciona uma experiência única, agradável e desafiadora, com uma imersão total. Entretanto, isso não significa somente mergulhar nas profundezas do oceano alienígena, mas principalmente adentrar na solidão do personagem e na história complexa.

O título te obriga a lutar pela sobrevivência, iniciando com recursos escassos e sem muitas informações. No entanto, a proposta dos controles simples parece tentar amenizar o terror de estar em um ambiente alienígena sem comida e água – e nenhuma civilização humana por perto.

Subnautica (Foto: Reprodução/Marcell Santos)Subnautica tem uma exploração imersiva (Foto: Reprodução/Marcell Santos)

Mergulhar nas profundezas de um oceano, por si só, já é algo um pouco aterrorizante e perturbador. Quando isso é feito em uma área recheada de flora e fauna totalmente desconhecidos, a experiência se torna inigualável. O mar que conhecemos sempre foi e sempre será ambiente cercado de mistérios – e o game nos permite vivenciar um pouco disso com gráficos muito bem-feitos e um colorido sem igual.

Existem quatro modos de jogo: Sobrevivência, Modo Livre, Hardcore e Criativo. Em “Sobrevivência”, é necessário gerenciar a vida, fome, sede e oxigênio em todo o tempo. A modalidade livre é similar a de sobrevivência, mas não é necessário gerir fome e sede. No modo Hardcore, você só tem uma vida para administrar todos os recursos mencionados – ou seja, se perder, acabou. Já em “Criativo”, há total liberdade de criação e todas as necessidades estão desabilitadas – tal qual a morte.

Subnautica (Foto: Reprodução/Marcell Santos)Visão submarina de Subnautica (Foto: Reprodução/Marcell Santos)

Forever Alone

O jogo inicia com o protagonista entrando na cápsula de sobrevivência por conta de uma explosão iminente e a inegável queda de sua nave, Aurora. Eventualmente, sua embarcação está em chamas e, como primeiro objetivo, você deve apagar o incêndio.

Após esses fatos, uma assistente virtual o auxilia dando informações sobre problemas na embarcação, além de umas dicas extremamente básicas. Ela é apresentada como um tipo de tablet (PDA) futurístico e reporta que não há nenhuma atividade de vida humana na localidade. Neste momento, seu foco se torna sair da cápsula e procurar recursos para usar no “Fabricador”, uma espécie de dispositivo embutido na nave que será de suma importância para sua sobrevivência e evolução.

Subnautica (Foto: Reprodução/Marcell Santos)Subnautica: o Fabricador é essencial para evoluir no jogo (Foto: Reprodução/Marcell Santos)

O PDA o ajuda com informações básicas sobre como combinar itens e utilizá-los para criar objetos. O problema é que, muitas vezes, elas só aparecem após você unir dois ou mais recursos minerais, ou quando encontra algum material e faz uso do Scaner Portátil, uma outra ferramenta extremamente importante e necessária.

Aliás, é no PDA que você acessa seu inventário principal de itens que podem ser usados a qualquer momento. Lembre-se de, quando for sair em uma expedição longa, levar os recursos necessários para não morrer no meio do caminho.

Subnautica (Foto: Reprodução/Marcell Santos)Subnautica: o PDA é similar a um assistente virtual (Foto: Reprodução/Marcell Santos)

Ameaça Constante

Neste game, em todo o tempo, é necessário enfrentar medos e desafios. A menos que tenha muita sorte, inegavelmente você estará frente a frente com os piores monstros marinhos alienígenas. É bom ficar de olhos e ouvidos abertos, pois até mesmo as menores criaturas podem ser extremamente perigosas e letais. Não subestime nada à sua frente.

Uma das bestas mais impressionantes e aterrorizantes é o Reaper Leviathan. Infelizmente, não existe uma área definida onde ele aparece, portanto, parta do princípio que você está lidando com uma ameaça constante. É muito improvável não cruzar com ele ao menos uma vez, então, prepare-se para sons aterrorizantes e, caso não consiga se esconder ou nadar para longe a tempo, uma morte rápida e assustadora.

Subnautica (Foto: Reprodução/Marcell Santos)Uma das piores bestas de Subnautica é Reaper Leviathan (Foto: Reprodução/Marcell Santos)

Como se tratam de ambientes com uma fauna alienígena muito grande, é quase impossível perceber a aproximação de tudo. Dessa forma, é importante prestar atenção em todo e qualquer som. Aliás, a trilha sonora é esplêndida e causa muito medo e agonia. Um festival de grunhidos ensurdecedores nos permite ficar alertas. Por outro lado, a fuga de um ataque repentino nem sempre é possível. 

Zona Morta e Acessibilidade

Após atingir uma certa distância da cápsula de sobrevivência, a assistente diz que você chegou à “zona morta”. Neste local, é onde se encontram os monstros mais esquisitos e extremamente perigosos, além de não ter praticamente nenhum recurso palpável para coletar facilmente. A profundidade da água vai além do que a maioria dos equipamentos pode suportar e até mesmo na superfície o perigo é constante.

Subnautica (Foto: Reprodução/Marcell Santos)Subnautica: na Zona Morta existem monstros esquisitos (Foto: Reprodução/Marcell Santos)

É nessa área em que existem monstros perigosos, mas também recursos úteis e necessários. A dica aqui é explorar ao máximo a fim de construir a Baía Portátil de Veículos no Fabricador. Após construi-la, será possível fazer os melhores veículos de exploração e, assim, acessar a zona morta com um pouco mais de “segurança”.

Conclusão

Subnautica tem um estilo único e inovador de exploração e sobrevivência no fundo do mar com um fundo bem marcante de terror. Não tenha pressa para terminá-lo, pois, a menos que esteja jogando pela segunda vez ou com um tutorial, você precisará de muitas horas de exploração (e morrerá algumas vezes sim, é inevitável). O game é impressionantemente belo, com gráficos excelentes e merece ser apreciado em sua totalidade e riqueza de detalhes, cores e formas.

Qual o melhor jogo de ação-aventura para o PC? Dê sua opinião no fórum TechTudo!

saiba mais

 

Techtudo

Compartilhar