De acordo com a ciência, as crianças que apanham têm mais tendência a serem violentas quando crescerem

51

Muitos pais continuam fazendo uso da força física para tentarem disciplinar os seus filhos. Essas crianças são espancadas por seus progenitores para que se submetam às suas ordens. Os adultos usam a desculpa de que isso funcionou com eles. No entanto, estudos científicos recentes demonstram que esse ato pode ter um efeito terrível no futuro… os jovens que apanham têm maior probabilidade de se tornarem pessoas violentas quando crescerem!

Collective Evolution

Alguns pais batem nos filhos sem sequer pensar em lhes ensinar uma lição. O ato serve apenas como uma liberação emocional para o adulto. No entanto, descarregar a raiva nas crianças pode transformá-las em pessoas violentas, agressivas e com problemas emocionais.

A Unidade Médica da Universidade do Texas questionou cerca de 800 adultos e descobriu algo chocante. A maioria dos que possuem comportamentos violentos na atualidade apanhavam quando eram crianças!

Collective Evolution

“Independentemente de alguém ter sofrido abuso infantil ou não, levar uma palmada em si já leva à tendência de violência no namoro”, disse o professor de Psiquiatra do Departamento de Medicina da Universidade do Texas, Jeff Temple.

O estudo descobriu que bater em seus filhos ensina-lhes que a violência física é a única maneira de resolver um conflito. Essa é uma lição que eles podem usar ao longo da vida. “Os pais são fisicamente maiores e mais fortes que as crianças…

Quando um pai tenta fazer com que as crianças se comportem melhor batendo nelas, esse pai está dizendo a eles que batem em pessoas que são menores e mais fracas e que isso é uma forma aceitável de obter o que você quer delas. Porque esse pai fica surpreendido quando seus filhos batem em crianças menores na escola, ou se tornam esposos abusivos?,” escreveu a Dra. Denise Cummins.

Collective Evolution

Para além disso, os estudos demonstram que as crianças que apanham são mais suscetíveis a problemas psicológicos e emocionais. “Eles também são mais propensos a sofrer problemas de saúde mental, como problemas de ansiedade, depressão e abuso de substâncias. Têm menos probabilidades de simpatizar com os outros ou de aceitar normas de comportamento moral,” escreve Cummins.

Collective Evolution

Pais, controlem as vossas emoções e comecem a respeitar as crianças disciplinando-as adequadamente. Violência física nunca é a solução… compartilhe se concorda!

Fonte: Parenting isn’t Easy

Facebook

Quer mais histórias? Click »

Compartilhar