Rede de fibra óptica será ampliada na região do Baixo Amazonas

73
A fim de expandir a rede digital na região do Baixo Amazonas, no oeste do Pará, viabilizando o desenvolvimento do projeto intitulado “Backbone Amazônia Oriental”, o Comando Militar do Norte (CMN), do Exército brasileiro, assinou um acordo de cooperação técnica com a Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Pará (Prodepa), Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet) e o Centro de Gestão da Tecnologia da Informação do Amapá (Prodap), no último dia 11 de dezembro.
O projeto permitirá a implantação de infraestrutura de comunicação segura e compartilhamento de estruturas novas ou já instaladas, próprias de cada uma das instituições envolvidas, incluindo serviços em rede de banda larga.
A cooperação tem como principal motivação a criação e ampliação de backbone regional de alta capacidade, a fim de reduzir a dependência do Exército de provedores de comunicação corporativa, além de expandir e aprimorar a rede corporativa de dados sob a gestão da Prodepa para os municípios paraenses. “O governo do Estado vem trabalhando e fortalecendo as parcerias no sentido de levar as estradas do século XXI, que são as fibras ópticas, a todos os municípios paraenses. O Exército brasileiro, que é responsável pela guarda das nossas fronteiras, obrigatoriamente precisa chegar mais longe e estabelecer bases contínuas e eficazes, e essa parceria abrirá caminho para isso”, frisou o presidente da Prodepa, Theo Pires.
Integração – De acordo com a diretora de Projetos Especiais da Prodepa, Leila Daher, a parceria com a Isolux Energia e Participações S.A. vai permitir a ligação dos municípios de Almeirim e Oriximiná, no Baixo Amazonas, à Rede de Comunicação de Dados Corporativa do Estado. “A expectativa é que até março de 2018 as duas cidades estejam implantadas. Também estamos em fase de negociação com a Prefeitura Municipal de Belterra para a implantação de mais essa cidade digital na região”, adiantou Leila Daher.
Os 13 municípios do Baixo Amazonas (região oeste) ocupam 25% da área do Estado do Pará, com 315,86 mil quilômetros quadrados. A região é a maior produtora estadual de castanha do Pará (94%) e de mandioca (30%). A extração de bauxita é o grande destaque, dando ao município de Oriximiná o maior saldo da balança comercial regional, com 213.704.559 milhões de dólares (dados de 2014). Os principais produtos exportados pelo município são minério de alumínio (bauxita) e seus concentrados (52%).
Serviço: Navegapará – pontos de acesso livre à internet nos municípios do Baixo Amazonas
Alenquer – Avenida Getúlio Vargas, entre as travessas Dr. Lauro Sodré e Sete de Setembro.
Santarém – Praça 7 de Setembro (Alter do Chão), Parque de Santarém e Praça Barão de Belém.

Socel News – Blog do jornalista Celso Freire

Compartilhar