Delegada integra movimento para ajudar crianças com lábios com fissuras labiopalatais

8
A solidariedade une as pessoas em um único fim: ajudar ao próximo. É o movimento que reforça os elos emocionais e os situa numa mesma dimensão, a de ser humano, e leva as pessoas a se mobilizar em prol dos outros. Uma dessas manifestações de solidariedade vai ocorrer em Belém, no próximo domingo, dia 6, quando será realizado o evento “Arrastão de Sorrisos Largos”. A saída da caminhada está marcada para as 9 horas, na Praça da República, para divulgar informações e ajudar crianças que nasceram com um defeito genético nos lábios chamada de fissura labiopalatal, também conhecida vulgarmente como lábio leporino. Trata-se de uma abertura, tanto no lábio como no palato, localizado entra e boca e o nariz do bebê.
O Arrastão de Sorrisos Largos será realizado em alusão ao Dia de Atenção ao Fissurado Labiopalatal. A caminhada será formada por grupos de familiares e de mães de crianças com lábio leporino, que se reunirão por um motivo único: o tratamento de suas crianças portadoras de fissura labiopalatal. Dentre as mães, que irão se reunir, estará a delegada da Polícia Civil do Pará, Beatriz Silveira Mileo, que recentemente teve um filho que nasceu com a fissura labiopalatal. Ela relata as dificuldades que enfrenta e os cuidados especiais que toma com o filho. “Vivi esses últimos meses tentando fazê-lo ganhar peso, para ele poder operar. Foi uma luta. Ele toma o meu leite na mamadeira especial. Os bebês fissurados não conseguem sugar direito para se alimentar”, explica a policial civil.
Os procedimentos cirúrgicos para a correção de lábios leporinos são realizados pelo Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, em Belém. A Unidade Hospital do Governo do Estado conta com estrutura pediátrica necessária para dar suporte aos serviços e uma equipe médica qualificada e preparada para os procedimentos. Entre os médicos está o casal de médicos cirurgiões plásticos Cynthia Rocha e Franklin Rocha, especializados em malformações craniofaciais. Eles apoiam um grupo de mães, cujos filhos nasceram com lábios com fissuras labiopalatais, e auxiliam no tratamento completo das crianças. Ela explica que a intenção é ajudar as comunidades em todo Estado. Em Santarém, oeste do Pará, será realizada outra programação voltada ao Dia de Atenção ao Fissurado Labiopalatal. É a “Operação Sorriso”, que vai ocorrer no próximo dia 14. Na ocasião, serão oferecidas 60 vagas para cirurgias de lábio leporino e fendas palatinas.

Socel News

Compartilhar