Música no Silêncio insere estudantes no universo dos surdos

41

O curso de Bacharelado em Música do Instituto Estadual Carlos Gomes (IECG) realiza nesta sexta-feira (30) o III Festival de Música no Silêncio (Femusi). O evento está programado para as 19 h, na Sala Ettore Bosio, e marca o encerramento das atividades do semestre letivo da disciplina Libras (Língua Brasileira de Sinais). A entrada é gratuita. Segundo o professor Silvio Santiago Vieira, da Universidade do Estado do Pará (Uepa), responsável pela disciplina, o Femusi surgiu em 2015 com a proposta de inserir os estudantes no universo da linguagem dos surdos. 

“Nossa proposta é gerar acessibilidade, para que as pessoas com surdez possam participar de concertos musicais, pois a música não é só para ser ouvida, ela também pode ser sentida. Então, vamos contar com a presença de intérpretes de Libras para traduzir as letras cantadas em Língua Portuguesa e produzir arranjos musicais com percussões e sons graves, proporcionando maior sensação das vibrações sonoras. Dessa forma, tanto surdos quanto ouvintes podem prestigiar o evento”, destacou Silvio Vieira.
O Festival de Música no Silêncio terá como tema Músicas Regionais. Serão reproduzidas canções famosas do cenário paraense, como “Ao pôr do sol”, de Firmo Cardoso e Dino Souza, e “No Meio do Pitiú”, da Dona Onete. A programação vai contar com quatro apresentações dos alunos de música do IECG. Além disso, haverá duas participações especiais com as professoras Jaqueline Machado, Paloma Correa e Leila Souza, do Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Pará, e o docente Ozivan Perdigão, da Uepa.
Serviço: III Festival de Música no Silêncio. Sexta-feira (30), às 19 h, na Sala Ettore Bosio, no Instituto Estadual Carlos Gomes – Avenida Gentil Bittencourt, 909, Bairro Nazaré, Belém. Entrada franca.

Socel News

Compartilhar