Concertos Didáticos de Junho terão entrada franca

59

A Fundação Carlos Gomes (FCG) realiza nesta sexta-feira (30), às 10h e às 16h, mais uma edição do Projeto Concertos Didáticos. As apresentações musicais terão na plateia alunos dos polos do Pro Paz e portadores de doenças falciformes atendidos pelo Hemopa – estes últimos integrados à programação da FCG por meio de uma ação sociocultural e recreativa promovida pelo Hemocentro.
A pianista Ana Maria Adade, que coordena o projeto pela FCG, explicou que nesta edição, por conta do grande número de pedidos de escolas e da comunidade em geral para assistir aos concertos, o projeto terá entrada franca. “Vamos dar oportunidade para a comunidade participar do projeto que mensalmente recebe estudantes de escolas públicas da rede municipal e estadual de ensino’, disse a coordenadora.
A programação terá como atrações o grupo Metal Pará, do trompetista Álvaro Dias, pela parte da manhã, e à tarde o Trio Raízes, também formado por professores do Instituto Estadual Carlos Gomes (IECG).
Metal Pará – Criado em 2016, o grupo realiza pesquisa de repertório e explora a música instrumental, com ênfase na música popular e erudita. Em suas pesquisas, tenta abranger ao máximo as possibilidades sonoras dos instrumentos de metais e percussão.
Trio Raízes – Formado em 2009, o Trio Raízes é um grupo instrumental que desenvolve um repertório eclético que inclui o samba, a bossa, o chorinho e o carimbó.
Concertos Didáticos – O projeto é uma das ações da Coordenadoria de Pesquisa e Extensão da FCG. Mensalmente, os grupos artísticos da FCG apresentam concertos comentados, em que os professores explicam a função de cada instrumento, a importância dos compositores para um determinado período da música e a história desses artistas, tudo de maneira simples e didática.
O objetivo é difundir o ensino da música e aproximar o público infantojuvenil do universo musical, além de proporcionar aos estudantes o contato com grandes instrumentistas paraenses e despertar o interesse pela música de câmara, contribuindo com a formação de plateia.
As apresentações ocorrem no Theatro da Paz e o público-alvo são os alunos de escolas públicas. O projeto é uma realização da Fundação Carlos Gomes (FCG) em parceria com as Secretarias de Estado de Educação (Seduc), de Cultura (Secult), Municipal de Educação e Cultura (Semec) e apoio do Theatro da Paz.

Socel News

Compartilhar