Homem foi preso por estuprar uma criança – então, ele revela seu segredo e deixa a polícia em choque!

10

Apesar de já existir uma grande evolução na igualdade e direitos humanos, existem vários países no mundo onde ainda discriminam as mulheres. Elas são estupradas, torturadas e vivem uma vida de puro terror. Recentemente, um homem foi preso por estuprar uma garotinha… mas dessa vez, a justiça errou redondamente!

Pili Hussein, da Tanzânia, é filha de um homem que teve 38 filhos, com 6 mulheres diferentes. Já em tenra idade, ela teve que deixar o campo para trabalhar com o gado. Ir à escola não era uma opção. O desafio para Pilli, e para outras mulheres em sua situação, era encontrar um homem para casar.

Eventualmente, ela se casou com um homem, mas seu primeiro marido acabou por se revelar uma pessoa violenta e maldosa. Quando Pili completou 31 anos, ela fugiu do relacionamento destrutivo, deixou o trabalho e começou uma nova vida.

A mulher não tinha pensado em um plano ou um destino, mas ela caminhou pelas estradas da Tanzânia até chegar à aldeia Mererani. Essa pequena cidade não é rica, mas é o único lugar no mundo onde existem minas de tanzanite.

Facebook – Green Book Co.

Pili sabia que a melhor opção que tinha para sobreviver era arranjar trabalho de mineração na cidade, mas nunca poderia fazer isso pois era mulher. Então, ela engendrou um plano astuto: “As mulheres não podem trabalhar na área de mineração, por isso eu me vestia como um homem grande, forte. Eu vesti umas grandes calças, e cortei como calções para parecer ainda mais um homem”, conta Pili.

Logo, Pili ficou conhecida como “Tio Hussein”, mudando sua personalidade e aparência completamente nas horas em que “ele” estava trabalhando. Ninguém sabia sua verdadeira identidade. “Trabalhei com homens 10 até 12 horas por dia, e nunca suspeitaram que era uma mulher…”, explica.

Facebook – Green Book Co.

Pili trabalhava duro na mina, e se tornou muito boa em conseguir pedras preciosas, criando sua própria fortuna. Com o dinheiro que ganhou, ela ajudou sua família a construir novas casas e formou sua própria empresa de mineração – que contratou mais de 70 funcionários.

Facebook – Green Book Co.

Mas então, algo aconteceu que a forçou a revelar sua verdadeira identidade. Uma menina na aldeia disse que ela havia sido estuprada por mineiros e polícia levou “Tio Hussein” como suspeito, devido a declarações de testemunhas.

Facebook – Green Book Co.

Ela não teve outra escolha a não ser dizer a verdade. Pili revelou que era uma mulher, mas ninguém acreditou em suas palavras… mas depois de exames médicos, os policiais não tinham duvidas: ele, era na verdade uma ela! Seus companheiros ficaram muito surpresos, pois já conheciam Pili há quase uma década e não desconfiaram.

Muitas pessoas se recusaram a acreditar, mas quando Pili se casou e teve filhos alguns anos depois, não havia como não acreditar. Agora, Pili não tem de esconder sua identidade.”Estou orgulhosa do que fiz, me tornei milionária, mas foi muito difícil”.

Facebook – Green Book Co.

“Eu quero ter certeza que minha filha vai à escola, tem formação e aproveita a oportunidade de viver sua vida de uma forma totalmente diferente do que eu vivi.” Que força incrível tem essa mulher! Ela mostrou que o conceito de “ser homem” muitas vezes é baseado em preconceitos de pessoas – ser durão, não mostrar fraqueza e sentimentos são coisas que, infelizmente, são muitas vezes associadas à masculinidade.

Facebook – Green Book Co.

No entanto, Pili mostrou que poderia fazer um trabalho tão bom ou melhor que o dos homens. Para além disso, a mulher tem um coração de ouro e muita força de vontade… e isso merece todo o nosso respeito.

Compartilhe a história de Pili para honrar todas as mulheres fortes da sociedade que lutam contra o preconceito!

Fonte: Newsner

Facebook

Quer mais histórias? Click »


Histórias com Valor

Compartilhar