Mães cada vez mais ocupadas na Região Norte

4

Neste domingo, 14, será comemorado o Dia das Mães,  o segundo melhor calendário de vendas para o setor do comércio (perdendo apenas para o Natal) e é também a data em que milhões de mães deverão ser homenageadas pelos seus filhos, com carinho, amor e presentes. O Dieese/Pa divulgou um estudo sobre o mercado de trabalho feminino no Pará e Região Norte, com ênfase na mulher na chefia de domicílios. A conclusão é preocupante porque o quantitativo de mulheres que exercem a dupla função de mãe e pai, tanto no estado do Pará, como na Região Norte, ainda é muito elevado. Com ou sem emprego formal e com baixa remuneração cerca de 970 mil mulheres em todo o Pará exercem hoje a função de chefe de domicílio.

As analises feitas pelo Dieese/Pa mostram que na região Norte, das quase 5,5 milhões de famílias, aproximadamente 2,2 milhões (39,42%) eram chefiados por mulheres. No estado do Pará de um total aproximadamente 2,5 milhões de famílias, quase 970 mil (37,94%) eram chefiados por mulheres.
O RENDIMENTO DAS MULHERES OCUPADAS NO PARÁ
O Dieese/Pa também analisou a questão da renda das mulheres ocupadas. O estado do Pará mostra que de um total de 3.592.235 pessoas ocupadas de 10 anos ou mais em todo o Estado, cerca de 62,60% são homens (2.248.862 milhões) e cerca de 37,40% ( 1.343.373 milhão) são mulheres. Das cerca de 1,3 milhão de mulheres ocupadas em todo o Pará, 13,56% ganham até meio salário mínimo e 30,02% ganham entre meio e um salário mínimo. Isto quer dizer que 43,58% ( 585.441 )  das mulheres ocupadas de todo o Estado ganham até um salário mínimo de remuneração máxima mensal. 

Socel News

Compartilhar