Doação de sangue pode ser feita em unidade móvel no Hangar

6
Foto Ascom/Hemopa
Uma unidade móvel da Fundação Centro de Hematologia e Hemoterapia do Pará (Hemopa) está no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia para coletar sangue de voluntários. A ação é uma parceria com os membros da Igreja Batista do Pará e segue até esta sexta-feira (21). A meta é de 100 coletas por dia.
Todos os anos, os batistas fazem uma grande assembleia para reunir os integrantes de todo o Brasil. Por conta dos 120 anos da Igreja Batista no Pará, em 2017, o local escolhido para o encontro anual foi Belém. Além de palestras, o evento também disponibiliza uma série de serviços, como a emissão documentos. A expectativa da organização é que o evento deve reunir cerca de 5 mil pessoas, ou seja, uma ótima oportunidade para incentivar a doação de sangue.
Uma das coordenadoras do evento, Ilvana Brazão, conta que sempre mobiliza membros da igreja para doar de sangue. “Quando foi decidido que a convenção seria feita aqui, de imediato o Hemopa veio na nossa cabeça. Como nossa programação conta com um grande número de pessoas, podemos recrutar muita gente”, evidencia.
Para a assistente social da captação do Hemopa, Lílian Bouth, essas parcerias são extremamente importantes, principalmente no atual cenário do hemocentro, em que o número de doações diminui muito. “Apesar de todo esforço, nosso estoque está num estado crítico. Essas ações descentralizam nosso atendimento, facilitando o acesso da população e incentivando a doação”, ressalta Lílian.
Foi essa facilidade de acesso que atraiu o advogado Antônio Gama. Participante do evento, ele aproveitou para doar sangue. “Às vezes demoro pra fazer a doação por causa do deslocamento. A gente acaba encontrando desculpas pra não ir. Aqui, facilita muito”, afirma o advogado.
Como grande parte da programação do evento é aberta ao público, qualquer pessoa pode doar sangue no Hangar. A técnica de enfermagem Jocineuma Freitas soube que em um dos estandes havia emissão de carteira de trabalho e trouxe os dois filhos para tirar o documento. Ao chegar no local, descobriu que havia muito mais. “Vim pra fazer uma coisa e, numa única manhã, vou fazer outras três, inclusive doar sangue. Já sou doadora e também vou aproveitar pra fazer o registro no cadastro de banco de medula óssea”, comemora.
Serviço: A unidade móvel de doação de sangue do Hemopa fica até esta sexta-feira, 21, no horário de 8h as 16h. Para quem quiser doar sangue no Hemopa, a Fundação fica na travessa Padre Eutíquio, 2.109, bairro de Batista Campos. As doações também podem ser feitas na Estação Coleta Castanheira que fica do térreo do Pórtico Metrópole, na BR-316, km 1. No feriado de sexta, as duas unidades estarão fechadas, mas reabrem no sábado, de 7h30 as 18h.
Para ser um doador de sangue, basta ter entre 16 e 69 anos (menores devem estar acompanhados do responsável legal), ter mais de 50 kg, estar bem de saúde e portar documento de identificação original e com foto. Os homens podem doar com intervalo de cada dois meses e as mulheres a cada três meses.

Socel News

Compartilhar