Facebook Spaces: saiba como funciona o recurso de realidade virtual

O Facebook Spaces, novo aplicativo da rede social, leva os usuários para um espaço de realidade virtual (VR) onde é possível interagir de várias formas. A plataforma está disponível em versão beta. Ou seja, apenas para testes limitados. Sendo assim, ainda apresenta recursos incompletos. O Facebook Spaces pode ser baixado na Oculus Store — loja de apps do Óculos Rift para realidade virtual — e necessita usar o acessório Touch.

Facebook lança na f8 2017 plataforma de filtro 3D e realidade aumentada

Com o Facebook Spaces é possível interagir com outros usuários do Facebook com uma versão “Second Life” do seu perfil: criar um avatar virtual com seus traços próprios, convidar amigos para participar de conversas em um ambiente 3D, ver vídeos e fotos em 360 graus e em tempo real, visitar locais virtuais interativos do mundo todo, fazer chamadas de videoconferência com amigos — mesmo que eles não usem o Spaces — e, até mesmo, compartilhar selfies em “VR”.

Spaces é a plataforma de realidade virtual do Facebook (Foto: Reprodução/Facebook)Spaces é a plataforma de realidade virtual do Facebook (Foto: Reprodução/Facebook)

Avatar e interação

A criação de avatar é o primeiro passo no Facebook Spaces. A plataforma define um visual básico com base em foto sua preferida e, a partir daí, é possível modificar cabelo, acessórios, roupas e outros detalhes. Assim que o avatar estiver pronto, já é permitido entrar no espaço virtual e convidar amigos.

Facebook Spaces permite criação de avatares (Foto: Divulgação/Facebook)Facebook Spaces permite criação de avatares (Foto: Divulgação/Facebook)
SUSSA-banne

Aplicativo do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no seu celular

Durante um bate-papo dentro do Facebook Spaces, o usuário pode enviar textos ou desenhos — feitos em ferramentas dinâmicas — que ficam “vivos” na tela, na frente dos outros avatares. Além disso, um chat em voz também estará ativado para permitir a interação direta, com direito a movimentos em tempo real de cada um dos avatares, possíveis por meio usando o acessório Touch, do Óculos Rift.

No Facebook Spaces, basta escolher uma foto para criar um avatar 3D (Foto: Divulgação/Facebook)No Facebook Spaces, basta escolher uma foto para criar um avatar 3D (Foto: Divulgação/Facebook)

Comunicação em tempo real

Como citado, quem está de fora também pode participar, por meio de chamadas em vídeo. Quem não usar o Facebook Spaces vai poder acompanhar sua chamada com o avatar por meio de uma janela que será aberta com a câmera do usuário fora do ambiente virtual da rede social. Tudo isso com suporte a adesivos, filtros do Facebook Messenger e outras ferramentas — como a criação de desenhos 3D.

Tudo acontece em tempo real, mas sempre com o Óculos Rift conectado e posicionado na cabeça do usuário. Ainda não é possível utilizar o Facebook Spaces via plataformas móveis, o que pode mudar no futuro – incluindo uma possível extensão para outros visores de realidade virtual.

Convidar novos amigos também é fácil no Facebook Spaces com alguns toques (Foto: Divulgação/Facebook)Convidar novos amigos também é fácil no Facebook Spaces com alguns toques (Foto: Divulgação/Facebook)
saiba mais

Qual óculos de realidade virtual vale a pena comprar? Comente no Fórum do TechTudo.

No futuro

Ainda que o Facebook Spaces esteja em versão beta e apresente funções limitadas, o Facebook já promete novidades “em breve”. Segundo a rede social, a ideia é que os usuários se familiarizem com a nova plataforma de realidade virtual e que tenham a experiência inédita para que, depois, o serviço possa ser expandido de forma natural e divertida — paralelamente a popularização de Oculus Rift, por exemplo.

Exemplo de interação no Facebook Spaces (Foto: Divulgação/Facebook)Exemplo de interação no Facebook Spaces (Foto: Divulgação/Facebook)

Um projeto do que seria o Spaces foi demonstrado por Mark Zuckerberg em eventos passados, mas ainda em formato básico e sem previsão de lançamento específico. Agora Facebook Spaces já pode ser aproveitado por quem possui os acessórios necessários — saiba como comprar.

Via Facebook

Techtudo

LEAVE A REPLY