Alunos de Engenharia da UFPA se destacam em competição nacional

A Universidade Federal do Pará (UFPA) recebeu com festa os alunos do curso de Engenharia Mecânica do Campus de Tucuruí. Eles representaram a universidade e o estado na competição nacional Baja SAE Brasil, que foi realizada em São José dos Campos, no estado de São Paulo. Essa foi a segunda vez consecutiva que o grupo participou da competição e já se nota melhoria do desempenho. Para o professor Wassim El Banna, que coordena a equipe, o resultado foi bom e melhor que o desempenho no ano passado. “Esse ano a gente teve um avanço muito maior, pois estivemos a frente de equipes que possuem maior tradição na competição, o que reforça que estamos no caminho certo”, avalia.
 O engenheiro também defende a importância da participação de alunos da universidade em eventos como esse. Para ele, experiências como esta mostram para as outras universidades e para as empresas que organizam a competição o trabalho realizado na UFPA, o que é ainda mais importante para dar visibilidade a um trabalho desenvolvido no campus de Tucuruí, interior do estado. “Quando o campus do interior tem essa visibilidade e esse reconhecimento de que possui, tanto discentes quanto docentes capacitados para realizar trabalhos com qualidade em sua área, isso é o mais gratificante”, comemora.
SAE BRASIL – Na competição os alunos devem desenvolver um protótipo de um veículo off road, que é voltado para terrenos acidentados. Os estudantes participam desde a etapa de elaboração do projeto até etapa da construção do veículo com o objetivo de aplicar na prática toda a teoria aprendida no curso.Para custear o projeto, os alunos que, realizam rifas e eventos dentro e fora do campus da universidade. Eles também contam com o apoio da Prefeitura de Tucuruí e de empresários locais.
 A aluna Druscilla Maffalda, uma das componentes da equipe, considera importante participar de eventos como esse. “A interação com eventos acadêmicos é importante para nós tanto como alunos e como futuros engenheiros. Ter contato com esses eventos abre nossa visão e nos ajuda na elaboração de futuros protótipos”, enfatiza.
“Mulheres na Engenharia” – Esse é um dos lemas da equipe de Tucuruí, que teve além de Druscilla Maffalda outro importante componente da equipe do sexo feminino, pois, levou à São Paulo o único veículo pilotado por uma mulher na competição do Baja SAE BRASIL deste ano.
E a equipe do projeto Baja Tucuruí também visita escolas e realiza palestras e oficinas de matemática e outras disciplinas da área de exatas. “A gente mostra que pode ser divertido aprender matemática. A gente aplica conceitos de Trigonometria no carro, por exemplo, e mostra o que eles podem fazer quando forem para a universidade”, conta a estudante Druscilla Maffalda.
Foto:Fotos: Divulgação
E ainda em 2017 a equipe do projeto Baja pretende fechar parcerias com empresas para a realização de um evento regional do Baja SAE, como já acontece nos eventos regionais do concurso nas regiões Nordeste e Sul. O objetivo é valorizar ainda mais o conhecimento produzido não só no campus de Tucuruí, mas também em outras universidades da região Norte.
          SERVIÇO:
A equipe Baja de Tucuruí possui uma página no Facebook onde sempre atualiza as informações e conquistas da equipe: www.facebook.com/bajatucurui.ufpa
# Assessoria de Comunicação da UFPA

Socel News

LEAVE A REPLY