Parlamento Paraense aprova projeto que institui a Semana da Libertação dos Escravos na Amazônia

   


O presidente da Assembleia Legislativa do Pará (Alepa), deputado Márcio Miranda, teve o Projeto de Lei (PL) 99/2016 aprovado, em sua Redação Final, na Sessão Ordinária desta quarta-feira (29/03). O PL institui no calendário histórico, cultural e turístico do Estado do Pará, a Semana da Libertação dos Escravos na Amazônia a ser celebrada, anualmente, no período de sete dias que envolver o dia 30 de março. A data marcou a alforria dos escravos na então localidade de Benevides em 1884, quatro anos antes da Lei Áurea e da Abolição da Escravatura no Brasil.
Benevides foi a primeira e maior colônia europeia fundada na Amazônia e já foi tema do livro “Terra da Liberdade – Benevides: História e Colonização”, do historiador José Leôncio Siqueira e também do documentário “O Negro no Pará – Cinco décadas depois”, do cineasta paraense Afonso Gallindo. O filme apresenta depoimentos de remanescentes do quilombo Petimandeua, localizado no município de Castanhal.  

Socel News

LEAVE A REPLY