AMD Ryzen: lista explica o que fazer para o processador render mais

41

Para ajudar os novos usuários de seus processadores Ryzen, a AMD criou um guia com boas práticas para garantir que as CPUs R7, R5 e R3 tenham a melhor performance possível.

Como são fabricados os processadores?

As dicas chamam atenção para atenção na hora de escolher pentes de memória DDR4, para garantir harmonia entre os componentes; atualização de BIOS, que promove estabilidade e dá acesso ao overclock, além de configurações de consumo de energia no Windows 10. Segundo a AMD, com esses passos, computadores equipados com os novos processadores serão capazes de tirar a melhor performance possível dos Ryzen.

Atualizar a BIOS

Boas práticas recomendadas pela AMD garantem que os Ryzen atinjam o máximo de desempenho (Foto: Divulgação/AMD)Boas práticas recomendadas pela AMD garantem que os Ryzen atinjam o máximo de desempenho (Foto: Divulgação/AMD)

Mesmo que as placas-mães para os Ryzen sejam obrigatoriamente novas, é recomendado atualizar a BIOS. O procedimento não apenas garante a solução de algum problema de hardware ou incompatibilidade, como promove melhor suporte aos recursos do processador e dá margem a melhor performance, sobretudo nas placas com chipsets que permitem a realização de overclock.

Atenção nas memórias RAM

Memórias DDR4 são suportadas pelos Ryzen; mas para melhor desempenho, é interessante usar modelos com clock na faixa ideal (Foto: Divulgação/G.Skill)Memórias DDR4 são suportadas pelos Ryzen; mas para melhor desempenho, é interessante usar modelos com clock na faixa ideal (Foto: Divulgação/G.Skill)
saiba mais

Os Ryzen suportam DDR4, mas não são todos os pentes desse tipo de RAM que vão se dar bem com a plataforma da AMD. Por exemplo, a marca recomenda o uso de pentes com 3200 ou 3500 MHz, em favor de unidades de 3000 ou 3400 MHz. Na hora de comprar novos pentes, a AMD recomenda, inclusive, de que, caso o modelo escolhido tenha velocidades maiores que 2667, o usuário tenha o cuidado de checar a compatibilidade do produto entre as marcas suportadas pelo fabricante da placa-mãe.

Aplicativo do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no seu celular 

Outra dica relacionada às RAMs é a de que o usuário mais exigente configure a BIOS com as informações de tempos e voltagens específicas das memórias escolhidas (entretanto, se o seu uso do computador for mais casual, você pode deixar isso pra lá).

De olho no plano de energia do Windows 10

É importante que o usuário escolha o plano de alto desempenho para que o Windows habilite os recursos de turbo e processamento em vários núcleos dos Ryzen (Foto: Reprodução/Filipe Garrett)É importante que o usuário escolha o plano de alto desempenho para que o Windows habilite os recursos de turbo e processamento em vários núcleos dos Ryzen (Foto: Reprodução/Filipe Garrett)

Outra dica importante é ficar atento ao regime de consumo de energia controlado pelo Windows 10. Ao escolher modos que reduzem o consumo, podem ocorrer perdas relevantes de desempenho.

Segundo a AMD, o uso do plano de alto desempenho garante duas coisas: os núcleos do Ryzen ficam disponíveis para sair do estado de repouso imediatamente e a função turbo do processador funciona de forma mais ágil, representando diferenças sensíveis de velocidade de operação da CPU.

E desligue as ferramentas de monitoramento

A AMD também recomenda que, nas situações em que performance é essencial (rodando um jogo pesado, ou renderizando um vídeo em alta resolução), ferramentas de monitoramento de frequência da CPU sejam desligadas. Esses apps acabam ocupando o processador, representando perdas de performance.

Qual GPU é melhor para jogos atuais? Comente no Fórum do TechTudo 

Techtudo

Compartilhar