Brinquedoteca distrai crianças no Fórum da Família

Foto: Ascom/TJPA


Iniciativas simples e criativas têm ajudado a tornar o ambiente das Varas de Família mais interessantes para crianças que acompanham seus pais durante as audiências. A 4ª Vara da Família de Belém, por exemplo, improvisou uma brinquedoteca onde as crianças podem passar o tempo com jogos, livros, massinhas e outros brinquedos doados pela própria juíza Eliane dos Santos Figueiredo e pelos servidores lotados na Vara. 
“Nós improvisamos um espaço, que era só de passagem, para distrair as crianças durante as audiências. Existia essa necessidade na Vara, pois muitas famílias não têm com quem deixar as crianças e precisam levá-las às audiências. Por outro lado, nem sempre é conveniente que elas estejam presentes nas audiências, quando eventualmente pode ocorrer atrito entre as partes. Pensando nisso, cada um trouxe um brinquedo e aos poucos fomos montando o espaço. Hoje até os advogados que comparecem às audiências têm interesse em doar brinquedos para contribuir com a nossa brinquedoteca”, comenta a juíza Eliane Figueiredo.
No final de janeiro, o Fórum da Comarca de Redenção, município localizado ao sul do Pará, também passou a contar com uma brinquedoteca. Doações de brinquedos possibilitaram a criação de um espaço que funciona no prédio do Fórum Desembargador Raul da Costa Braga, no bairro Parque dos Buritis. A brinquedoteca foi implantada na área anexa à 2ª Vara Cível do município, aproveitando um espaço que ainda não havia sido utilizado. O ambiente está em local aberto ao público, para atender aos filhos dos jurisdicionados que utilizam o Fórum, assim como à Vara da Infância e Juventude do município. No segundo semestre do ano passado, a 2ª Vara de Família de Belém também inaugurou uma brinquedoteca.

Socel News

LEAVE A REPLY