11 modos que as cidades usam para controlar seus habitantes

6

Pequenas modificações no espaço público muitas vezes têm um propósito inteligente por trás.

1. A barra do meio de alguns bancos como esse não tem nenhuma relação com o conforto, na verdade sua função é evitar que pessoas desabrigadas durmam sobre eles

2. O mesmo funciona com isso. Esses “bancos” não servem para sentar, apenas para se apoiar, impedindo que alguém durma sobre eles.

3. Lixeiras têm pequenos buracos para que ninguém jogue nela objetos muito grandes. 

4. Essas barras na beira do muro destinam-se a impedir que skatistas manobrem. Elas foram colocadas em San Francisco, EUA.

5. Ao instalar essas pirâmides pontiagudas, essa cidade quis impedir que moradores de rua dormissem embaixo da ponte.

6. Alguns edifícios possuem janelas grandes e bem iluminadas à noite para intimidas os assaltantes, os fazendo se sentir observados.

7. Muitos banheiros de bares na Suíça têm uma iluminação azul para impedir que usuários de drogas achem uma veia para injetar, especialmente heroína.

8. Algumas das câmeras de segurança públicas são falsas, e foram colocadas apenas para desencorajar criminosos.

9. Esses pólos ásperos impedem que panfletos sejam colocados em postes.

10. Muitas cidades não constroem pontes altas para impedir que caminhões passem em suas ruas.

12. Escadas rolantes são estrategicamente colocadas longe da entrada para que os clientes andam mais tempo em shoppings, passando por um número maior de lojas e os incentivando a comprar.


Brasil Universo Digital

Compartilhar