Azul batiza avião que leva o nome do maestro Carlos Gomes

60
Nesta segunda-feira será realizado o Batismo da Aeronave da Azul Linhas Aéreas Brasileiras ‘Maestro Carlos Gomes’, às 12h30, no Aeroporto Internacional de Belém. O evento trará 12 convidados, entre autoridades e personalidades da cidade de Campinas, no interior de São Paulo, onde fica a principal base de operação da empresa aérea. Após a aterrissagem em Belém, a aeronave será batizada e haverá a entrega de uma placa comemorativa ao superintendente da Fundação Carlos Gomes (FCG), pianista Paulo José Campos de Melo.
No saguão do aeroporto, o Coro Carlos Gomes, sob regência da maestrina Maria Antônia Jimenez, fará uma apresentação musical executando canções do maestro, que é patrono da FCG, terceira mais antiga instituição musical do Brasil, que leva seu nome e que completou 120 anos de fundação em 2015. Do aeroporto, a comitiva fará uma visita ao Instituto Estadual Carlos Gomes (IECG) e assistirá a Banda Sinfônica da FCG, que apresentará na Sala Ettore Bosio, a Protofonia de ‘O Guarani’, uma das músicas mais conhecidas do maestro.
Maestro Carlos Gomes
O Maestro Antônio Carlos Gomes foi o mais importante compositor brasileiro do século XIX e o maior compositor de óperas das Américas. Nasceu em Campinas (SP) em 11 de julho de 1836 e morreu em 16 de setembro de 1896, na cidade de Belém (PA). Foi também o mais importante compositor de ópera brasileiro e é reconhecido como um dos mestres da ópera romântica. Destacou-se por esse estilo, com o qual obteve carreira de destaque na Europa. O maestro foi o primeiro brasileiro a ter suas obras apresentadas no Teatro Alla Scala, em Milão, na Itália.
Instituto Estadual Carlos Gomes
Fundado em 24 de fevereiro de 1895 como Conservatório de Música da Academia das Belas Artes do Pará, foi denominado, posteriormente, Conservatório Carlos Gomes e hoje é um Instituto Estadual. É o terceiro estabelecimento de ensino da música criado no Brasil. Em 2015, o prédio que abriga o IECG, assim como seu anexo, foi reformado, restaurado e ampliado, garantindo qualidade para o ensino da música no estado. Para marcar os 120 anos, foi confeccionada uma medalha comemorativa. Cunhada em Portugal, traz o prédio principal do Instituto, a efígie do maestro Carlos Gomes, seu primeiro diretor, e ainda a reprodução de uma partitura de ‘O Guarani’, uma das obras mais conhecidas do compositor.
Sobre a Azul
A Azul Linhas Aéreas Brasileiras é a companhia aérea com o maior número de destinos servidos no país. A empresa detém uma frota de 125 aeronaves, mais de 10 mil funcionários, um número superior a 800 voos diários, mais de 100 destinos servidos e um terço do total de decolagens do país. A qualidade de seus serviços já foi atestada por inúmeros prêmios, nacionais e internacionais. Em 2016, foi reconhecida como a empresa aérea low-cost mais pontual do mundo pela Official Airline Guide (OAG). Também este ano, foi eleita pela sexta vez consecutiva pela Skytrax World Airline Awards como “Melhor companhia aérea low-cost da América do Sul”. Em 2014, a Azul foi eleita melhor low-cost do mundo pela CAPA – Centre for Aviation.
Roteiro – Batismo e Visita ao IECG
– 11h30: Chegada das autoridades ao aeroporto Internacional de Belém, sendo conduzidas à sala VIP;
– 12h37: Pouso da Aeronave Azul ‘Maestro Carlos Gomes’;
– Deslocamento das autoridades paraenses até a área de desembarque da aeronave para o batismo e congraçamento da comitiva de Campinas /Belém.
– Recepção da comitiva pelo professor Jonas Arraes, pesquisador da vida e obra do Maestro Carlos Gomes.
– Foto oficial na aeronave com todos da equipe.
– Entrega da placa alusiva ao evento ao superintendente da FCG, no hall do aeroporto, na área reservada para a homenagem.
– Discurso das autoridades.
– Apresentação do Coro Carlos Gomes no saguão do aeroporto, na escadaria em frente ao chafariz.
– Saída do aeroporto em direção ao restaurante para almoço.
– Após o almoço, os convidados visitam o prédio do IECG, reformado em 2015 para as comemorações de seus 120 anos, e assistem, na Sala Ettore Bosio, a apresentação da Banda Sinfônica da FCG, que sob regência de Amílcar Gomes, executará a Protofonia de ‘O Guarani’;
– Do IECG a comitiva se desloca para o Museu de Arte de Belém (MABE) para conhecer a tela “Os últimos dias de Carlos Gomes”. Na ocasião, haverá uma breve fala sobre a passagem do maestro por Belém proferida pelo prof. Jonas Arraes e apresentação artística de Duo Lírico, formado por Dhuly Contente (Soprano) e Antônio Wilson (Tenor), interpretando “Sinto Uma Força Indômita” acompanhados pela pianista Ana Maria Adade;
– Encerramento da Visita.

Socel News

Compartilhar